Os promotores de justiça da Comarca de Palmas, sul do Paraná. estarão participando da sessão ordinária do  Poder Legilslativo na noite dessa segunda-feira. Na oportunidade estarão apresentando aos vereadores a recomendação administrativa  do MP para que  a Câmara de Palmas  elabore e  aprove  o Código de Ética e Decoro Parlamentar, bem como, institua o Conselho ou Comissão para apurar denúncias e práticas.

A sessão, que inicia às 20h00, contará com a presença dos promotores Juliana Botomé, Davi Kerber de Aguiar e Felipe Lisboa Barcelos, que assinaram a recomendação administrativa, estabelecendo prazo para que a presidência da casa se manifestasse à cerca das providências tomadas para atender a recomendação.

A promotora, Juliana Botomé, explicou que embora o presidente, vereador Wilmo R. Correia da Silva, tenha sinalizado que emitiria resposta ao MP, isso ainda não aconteceu. “Estaremos na sessão dos vereadores hoje para explica o conteúdo da Recomendação Administrativa 26/2013 que tem por objetivo disciplinar dispositivos constitucionais”, explicou a promotora.Salientou que espera que a Câmara de Palmas pelo menos se disponha a tratar do tema com responsabilidade e maturidade política.

COFIRA PAUTA DA SESSÃO DE HOJE