A capacidade de geração do Parque Eólico de Palmas, sul do Paraná, irá praticamente triplicar com a implantação de novos aerogeradores. O incremento de 4.2 megawatts será possível a partir de uma parceria entre a Copel – proprietária do Parque – e a Weg Equipamentos Elétricos.

Conforme o Coordenador de Energias Renováveis,  Edson Sardeto, a Copel autorizou a WEG a instalar  dois modernos aerogeradores na área do atual parque onde estão em funcionamento, desde 1999, cinco unidades de geração. Explicou que trata-se de projeto de experimentos e aferições de equipamentos que estão sendo desenvolvidos pela WEG.

Cada um dos aerogeradores irá produzir 2.1 megawatts, praticamente a mesma produção das cinco torres em funcionamento, que é de 2,5 megawatts. A energia será adquirida pela própria WEG, que tem sede em Jaraguá do Sul e optou em implantar seu projeto experimental em Palmas pela facilidade de locomoção entre as duas cidades, em razão da distância em relação as outras regiões com potencial de geração de energia eólica, como o Rio Grande do Sul e Nordeste.

Conforme Sardeto a previsão é que em seis meses as novas unidades já estejam produzindo energia e sinalizou que há possibilidade de ampliação do número dos aerogeradores através da parceria estabelecida na última quarta-feira(10).