Uma farmácia clandestina foi fechada pela Polícia Civil ontem (20) pela manhã em Capanema, no sudoeste. Foi durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão expedidos pelo Poder Judiciário local.

A farmácia funcionava no interior do município, onde foram encontrados e apreendidos medicamentos vencidos, medicamentos de venda proibida, alguns de uso somente com prescrição médica, inclusive com indícios de terem sido desviados do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além de fraudar a saúde pública, os responsáveis pelos medicamentos também estariam colocando em risco a saúde das pessoas. Conforme a Polícia Civil, uma pessoa foi presa em flagrante.