Os empresários do Sudoeste do PR estão retomando o otimismo na recuperação da economia. É o que mostra a 30ª Pesquisa de Opinião do Empresário do Comércio, Serviços e Turismo realizada semestralmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio) em todo o Estado. Nesta região, especificamente, 44,8% do empresariado manifestou expectativas favoráveis para o segundo semestre de 2016. O percentual está bem acima do último levantamento, que apresentava índice de apenas 17%.  Em nível de estado o índice otimismo foi externado por   45,5% dos entrevistados.

A segunda maior parte, 31% dos empresários não sabe o que esperar para o segundo semestre. Conforme a análise de especialistas, essa opção demonstra a insegurança dos gestores com relação ao futuro. Por outra via destacam que esse foi mais um indicador de melhora nas perspectivas empresariais, mostrando que os empresários já começam a ter uma visão mais clara do futuro. Já os que consideram que o próximo semestre será desfavorável somam 13,8% e  os que estão indiferentes e  pensam que tudo permanecerá igual, 10,3%.

Segundo o presidente do Sistema Fecomércio, Darci Piana, os novos índices podem estar relacionados à volta da esperança do empresário no mercado e na economia. “A pesquisa demonstra que a confiança do empresário melhorou. A mudança de governo trouxe novo ânimo ao setor produtivo em meio à crise política e econômica que  tanto afeta nosso país”, acredita.