Está em Coronel Domingos Soares, a primeira fazenda do país a explorar legalmente a folha de xaxim do Brasil. A intenção dos investidores chineses e norte-americanos é utilizar as propriedades fitoterápicas do produto para a produção do medicamento Asmazol.

O pesquisador, Elzo Ferreira e sua equipe, na última semana, apresentaram o projeto de industrialização da planta, o que pode tornar o município um centro de produção farmacêutica. Explicou que há 20 anos são desenvolvidas pesquisas com o xaxim, onde foram constatadas propriedades que auxiliam no tratamento de doenças como asma, bronquite, rinite, sinusite, gripe, diabete e hipertensão.

A engenheira agrônoma responsável, Marcielly Bressanelli, informou que inicialmente a atividade gerará aproximadamente 30 empregos diretos. O início do empreendimento ocorrerá na propriedade de Ivoni Pieta. Informou ainda que os investidores internacionais sinalizaram para a possibilidade de montar a estrutura de processamento industrial no município, o que garantirá trabalho para pelo menos mil pessoas.

Os proprietários rurais que tenham interesse em fornecer folhas de xaxim para produção do referido chá podem entrar em contato com Pieta ou com a engenheira agrônoma, visto que, é necessária uma série de documentos que tornem legal e permitam a extração das folhas, que se recompõem naturalmente.

Para o diretor do Departamento Municipal de Indústria e Comércio, Clademir Tonin, a iniciativa de tornar Coronel Domingos Soares o município pioneiro no Brasil na produção de xaxim em larga escala vem ao encontro das políticas do governo municipal em  fortalecimento do setor produtivo, além de ser um produto saudável e comprovadamente benéfico.

As ações esperadas do chá de xaxim são a inibição de doenças alérgicas e inflamatórias do aparelho respiratório; desbloqueio imediato das vias respiratórias inferiores e superiores; ação vasodilatadora, cicatrizante, analgésica, antibiótica, antiinflamatória e antioxidante; entre outras.

No rótulo do produto( Asmazol), que já é comercializado pela Internet, apresenta relatos de casos de desbloqueio imediato das vias respiratórias; liberação de espasmo purulento; dispensa de medicamento de uso contínuo; interrupção do uso de bombinha, de corticoides e de esteroides; melhor disposição e aumento da autoestima; supressão de doenças oportunistas; bloqueio de crises respiratórias; e redução de doenças de cunho alérgico e inflamatório do aparelho respiratório.