Os municípios de Bom Sucesso do Sul e de Mangueirinha, na Região Sudoeste do Estado, assinaram o Contrato de Programa com a Sanepar, que formaliza as metas de atendimento dos serviços de saneamento básico, definidas nos planos municipais de Saneamento Básico (PMSB). As novas parcerias, que terão validade de 30 anos, foram firmadas neste mês pelos prefeitos Antônio Celso Pilonetto, de Bom Sucesso do Sul, e Albari Guimorvan Fonseca dos Santos, de Mangueirinha, na presença dos gerentes da Sanepar Renato Mayer Bueno e Aderbal Roncatto.

As metas estabelecidas no PMSB de cada município preveem a manutenção de 100% no índice de atendimento com água tratada para os moradores da área urbana.

Em Bom Sucesso do Sul, a Sanepar antecipou as obras de interligação de um poço e a construção de mais um reservatório, com capacidade para armazenar 100 mil litros de água, para cumprir o compromisso assumido. “Foram investidos cerca de R$ 850 mil para garantir o atendimento das metas previstas e suprir a demanda de água da população até o final do contrato”, confirma o gerente.

MANGUEIRINHA – O Sistema de Abastecimento de Mangueirinha também recebeu investimentos. A Sanepar antecipou para este mês a interligação de dois reservatórios, que estava prevista para 2020. As duas unidades, juntas, armazenam 200 mil litros de água, suprem a necessidade do sistema e garantem o abastecimento da população.

A Sanepar prevê também a ampliação do sistema produtor de água tratada da cidade. Está sendo contratado o projeto de engenharia para definição das obras necessárias para garantir o abastecimento durante a vigência do contrato. O distrito de Morro Verde também foi contemplado com todas as obras necessárias para o atendimento com água tratada.

ESGOTO – O Sistema de Esgoto Sanitário de Mangueirinha vai receber o maior volume de investimentos para que 95% dos moradores da área urbana sejam atendidos com os serviços de coleta e tratamento do esgoto. Para cumprir este compromisso serão necessários mais de R$ 7,5 milhões. A cidade tem hoje 52,10% no índice de cobertura com a rede coletora.

A manutenção da parceria com a Sanepar para a continuidade da prestação dos serviços de saneamento traz vantagens aos municípios. A empresa irá repassar mensalmente 1% do montante arrecadado ao Fundo Municipal de Meio Ambiente de cada município. Os recursos devem ser aplicados na proteção e conservação do meio ambiente.