O Radialista Carlos Gonzaga, foi preso no ano de 2017 em Dois Vizinhos, quando foi enquadrado no Art. 217 (Estupro de Vulnerável), ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos. Na época ele chegou a ser absolvido pela comarca, mas um ano depois a assistência de acusação recorreu da sentença e ele foi condenado a 15 anos, sendo 6 desses em regime fechado.

Na época, o radialista tinha 62 anos de idade, hoje com 64, Carlos Gonzaga é responsável pela cozinha da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão. Com remissão dos trabalhos prestados, ele tem a expectativa de voltar para a sociedade até 2021.

Em entrevista a Rádio Onda Sul FM, Carlos Gonzaga falou sobre a sua carreira no rádio, sobre a sua vida dentro da penitenciária, comentou sobre o caso ao qual foi acusado e disse que tem vontade de voltar aos microfones, caso surja um convite após cumprir a sua pena. Ele também disse que se pudesse voltar o tempo, mudaria muita coisa e que se arrepende do que fez. “Eu evitaria muitas coisas, as ilusões, as coisas fáceis, os convites, as mulheres fáceis, bonitas e envolventes. Tudo isso, não é bom e eu evitaria tudo isso, hoje. Eu não imaginava, nunca pensei, na minha cabeça não cabia, aposentado e bem de vida, encaminhado para uma velhice acabar numa prisão, não desejo pra ninguém, se acontecer com alguém que está nos ouvindo, use a cabeça, põe na mente, aceite que dói menos”. Finaliza.

Confira o áudio da entrevista na íntegra: