Cerca de 80 pessoas que integram o MST (Movimento dos Trabalhadores sem Terra) foram retiradas da Fazenda Camilotti, em Flor da Serra do Sul, na manhã desta segunda-feira (02). Os militantes invadiram a área durante o fim de semana, mas através da intervenção imediata dos advogados da empresa, que tem sede em Francisco Beltrão, a justiça da Comarca de Marmeleiro concedeu direito de reintegração de posse, que foi cumprido pela Polícia Militar, sob o comando do Coronel Lee Abe, do 5º Comando Regional, com sede em Cascavel.

Diante da ordem, as famílias deixaram o local pacificamente. Equipes da Rotam, dos Batalhões de Francisco Beltrão e Pato Branco, e do BPFron (Batalhão de Fronteira) acompanharam toda movimentação e auxiliaram na operação.

De acordo com o Coronel Lee Abe, como há rumores de novas invasões, equipes permanecem na fazenda para evitar o descumprimento da ordem judicial. O oficial tem se tornado bastante conhecido no Estado por sua postura ética e imponente em casos que envolvem as questões agrárias. Recentemente, comandou equipes da Polícia Militar que garantiram a ordem pública em Quedas do Iguaçu, após confronto que terminou com a morte de Sem Terras.

O proprietário da fazenda disse que há tempos o MST vinha ameaçando invadir as terras e a assessoria jurídica já estava de sobreaviso para agir, com pedido de reintegração de posse, o que de fato aconteceu.

Fotos: Reprodução Rede Massa (SBT)