Os deputados estaduais que fazem parte da Frente Parlamentar Mista Contra a Prorrogação dos Contratos de Pedágio irão pedir em regime de urgência para que o projeto de lei que obriga a aprovação pela Assembleia Legislativa  qualquer alteração ou renovação dos contratos vigentes. A decisão foi tomada pelos parlamentares na primeira reunião da Frente, nesta terça-feira (19).

Os parlamentares também irão acompanhar as obras em execução nos 2,4 mil quilômetros de rodovias do Anel de Integração do Paraná. Os deputados estaduais organizarão ainda uma visita a Brasília e audiências públicas regionais em cidades polo do estado. Deputados Federais, senadores e lideranças empresariais serão convidados a participar da Frente Parlamentar.

“Não iremos permitir a antecipação da renovação desse contrato imoral, que não duplicou rodovias, que tem um preço absurdamente alto em comparação com outros estados e que reduziu a competitividade e desenvolvimento do Paraná”, salientou o deputado estadual Guto Silva (PSD).

O deputado estadual Ademir Bier foi escolhido como coordenador do grupo. Participaram da reunião nesta manhã os deputados Anibelli Neto (PMDB), Chico Brasileiro (PSD), Márcio Pacheco (PPL), Márcio Pauliki (PDT), Nelson Luersen (PDT), Requião Filho (PMDB)e Tercílio Turini (PPS).