O domingo (01) de intenso frio ao amanhecer não assustou os mais de 70 churrasqueiros que voluntariamente desde a madrugada prepararam e assaram aproximadamente 10 mil quilos de carne para a tradicional Festa da Costela.

O evento, uma das maiores festividades do município de Palmas, sul do Paraná, celebrou o dia do Trabalhador em sua XIX edição. Organizado pelos seminaristas com o apoio da comunidade, os valores arrecadados são todos destinados para a manutenção do Seminário São João Maria Vianney implantado no município há 77 anos.

Conforme o Padre Sérgio Algeri, foram vendidos antecipadamente 5 mil ingressos para a festa. Os churrascos com tamanho padrão de 2 quilos foram comercializados a 35 reais e entregues todos embalados em sacolas, facilitando a entrega. A sistemática foi pensada para evitar filas no local.

Além dos que optaram em levar o churrasco para casa, ao meio dia o bosque do seminário serviu muitas famílias que ali permaneceram para almoçar. À tarde a comunidade cantou e rezou com o show do Padre Paulo de Guarapuava.