• Compartilhe no Facebook

Postagem feita através do seu perfil no Facebook. Quarta-feira (09/10)

A clonagem de WhatsApp é um golpe que pode trazer transtornos graves à vítima, permitindo que ela seja imitada por alguém com más intenções, facilitando, por exemplo, a extorsão de amigos e familiares. Para piorar, essa modalidade de ataque tem se tornado mais comum: segundo estimativa da empresa de segurança PSafe, mais de 8,5 milhões de brasileiros já foram atingidos por um golpe do tipo. O número foi obtido com base em um cálculo proporcional dos resultados de uma pesquisa com pouco mais de 12 mil pessoas.

Na última quarta-feira (09), o beque e capitão do Marreco Futsal, Fabiano Assad, atleta de 37 anos, conhecido internacionalmente, principalmente por ter sido o capitão da Seleção Italiana em duas Copas do Mundo, teve o seu WhatsApp clonado e através do seu perfil no Facebook, ele fez uma postagem alertando para que os amigos fiquem atentos e desconsiderem qualquer mensagem que alguém venha a receber, através do seu número, pedindo dinheiro ou algo parecido.

Sobre o atleta:
O jogador, tem no currículo o título da Liga Nacional de Futsal (LNF) com a Malwee, de Jaraguá (SC), dentre outras conquistas. Passou por clubes como Corinthians, Palmeiras, Ulbra (RS), Roma (ITA), Montesilvano (ITA), Luparense (ITA), além de passagem pela Espanha e Azerbaijão. Já foi campeão do Italiano, Recopa Europeia, Taça Brasil de Clubes, Libertadores da América, Gaúcho, Mundial de Clubes e Taça São Paulo. Entre 2003 e 2009, Fabiano Assad disputou 58 partidas com a camisa da Seleção Italiana e marcou 31 gols. Em 2007, foi considerado o melhor beque da UEFA.