Um grave acidente na PR-180, trecho entre Francisco Beltrão e Dois Vizinhos, no início da tarde desta quarta-feira (30) provocou a morte de um agricultor de 57 anos. Pedro Ferreira de Lima dirigia um Gol, com placas de Nova Esperança do Sudoeste, que foi atingido por uma carreta, com placas de Boa Esperança do Iguaçu.

O acidente aconteceu nas proximidades do trevo de acesso à Dois Vizinhos, na comunidade Alto Bela Vista. Testemunhas contaram que o Gol seguia sentido Francisco Beltrão e o motorista tentou uma ultrapassagem, mas ao avistar a carreta em sentido contrário tentou retornar para a pista e foi atingido na traseira por uma camionete Nissan Frontier, com placas de Quedas do Iguaçu.

Com a batida, o Gol foi jogado contra a carreta. O carro ficou totalmente destruído e o motorista morreu na hora. O condutor da camionete, Adilson Poleze, 35 anos, não se feriu. Com medo da família da vítima ele preferiu não ficar no local. O motorista da carreta, Aguinaldo Rohling, também não se feriu. Ele contou que freou quando viu o Gol na contramão, mas não conseguiu evitar a colisão. O caminhão parou no acostamento da rodovia e teve a cabine bastante danificada.

O local foi isolado pelo Corpo de Bombeiros de Dois Vizinhos até a chegada da Polícia Rodoviária Estadual e do Instituto de Criminalística. Após a perícia e levantamento de dados, o corpo foi liberado e recolhido ao IML de Francisco Beltrão.

Selésio Ribeiro é dono de um ferro velho que fica no local e presenciou o acidente. Em entrevista à Onda Sul FM contou que estava saindo de moto e retornou por que foi avisado pelo genro que o pneu estava furado, caso contrário teria sido esmagado pela carreta. “Eu já estava quase na rodovia, daí meu genro me chamou de volta pra consertar o pneu da moto. Se não fosse ele fazer isso eu tinha parado embaixo da carreta, ia me pegar aqui na saída do meu terreno”, relatou.

O morador também contou que o local de muito perigoso. Segundo ele, os motoristas abusam da velocidade e fazem ultrapassagens a todo o momento. “Aqui ninguém respeita, passam aqui que a gente só vê o vulto dos carros. Muitos acidentes já aconteceram aqui com mortes, precisava colocar um redutor de velocidade nesse local urgente”, afirmou.

Fotos: Evandro Artuzi/RBJ