Professores do Curso de Artes Visuais do Campus Palmas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, reagiram contrariamente a extinção do Ministério da Cultura (MinC), confirmada pelo presidente interino, Michel Temer.

A pasta da agora Secretaria, vinculada ao Ministério da Educação,  será comandada por Marcelo Calero, ex-secretário de Cultura do Rio de Janeiro.

Através de rede social, o colegiado repudiou a redução considerando um retrocesso e falta de respeito aos profissionais que já atuam na área, bem como, aos estudantes que estão se preparando para inserção profissional.