A Administração Municipal de Chopinzinho em uma ação conjunta, entre as Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos e a Secretaria de Saúde, através da Divisão de Vigilância Sanitária, realizou um Mutirão contra Dengue. “Temos a responsabilidade de desenvolver políticas públicas de prevenção contra surtos de dengue. Recebemos constantemente queixas de moradores com relação a terrenos em estado de abandono. Durante o mutirão, além de combater os focos de dengue que por muitas vezes ficam escondidos em terrenos baldios, procuramos promover a conscientização dos proprietários, uma vez que a manutenção da limpeza e a erradicação de focos do mosquito Aedes Aegypti é um benefício à saúde de todos”, afirmou o Prefeito Municipal, Leomar Bolzani. 

Entre outras coisas, o Mutirão teve o objetivo de promover um arrastão para a limpeza de terrenos baldios e recolhimento de entulhos e materiais em desuso no município de Chopinzinho. De acordo com o secretário de obras, Gustavo Comelli, três equipes foram destinadas ao trabalho, compostas de retroescavadeira, dois caminhões e profissionais para auxiliar na coleta. “Recolhemos uma grande quantidade de entulhos, porém este trabalho é coletivo, então solicitamos que a população nos auxilie procurando manter seus terrenos sempre limpos, evitando o acúmulo de água em recipientes, objetos ou locais que possam ser possíveis focos de proliferação das larvas do mosquito da dengue”, afirmou.

Segundo o secretário de saúde, Ivoliciano Leonarchik, nesta semana o município receberá a visita de uma equipe monitoramento infestação do mosquito Aedes Aegypti da Secretaria Estadual de Saúde. “Conseguimos com o mutirão atingir nosso foco principal, porém temos muito trabalho ainda no que se refere à questão da conscientização de parte de nossa população. Temos atualmente uma situação estável que é fruto do trabalho desenvolvido por nossa equipe da vigilância sanitária e dos agentes de endemias, que monitoram 16 pontos estratégicos em nosso município. Temos consciência das dificuldades enfrentadas em outras ocasiões por alguns municípios de nossa região e vamos manter nossas equipes sempre em estado de alerta e trabalhos constantes para evitar que nossa população venha a sofrer com esta doença, tão perigosa que é a dengue”, explicou.