A dupla sertaneja Matogrosso e Mathias será a principal atração da festa do trabalhador em Francisco Beltrão, organizada pela administração municipal, através do Departamento de Cultura. Será na noite da próxima terça-feira, dia 30 de abril, véspera de feriado, no Calçadão.

“Todos os anos realizamos gratuitamente um show com artistas de renome nacional para homenagear os trabalhadores e toda a nossa população. Neste ano teremos uma das mais importantes duplas da nossa música sertaneja e certamente o Calçadão vai lotar”, comenta o prefeito Cleber Fontana.

  • Compartilhe no Facebook

Foto: Divulgação.

Desde o início da carreira, na década de 1970, até a formação atual, a dupla eternizou dezenas de sucessos que são muito conhecidos. Tentei te esquecer, de igual prá igual, Frente a frente, Idas e voltas, Foi pensando em você, Por quê, Na hora do adeus, Pedaço de minha vida, 24 horas de amor e Ponto de chegada são alguns dos sucessos românticos inesquecíveis da dupla.

A programação terá início às 20h00 com o show do beltronense Tony Betiatto, acompanhado de sua banda. Logo em seguida sobem no palco Matogrosso e Mathias. “Será um show inesquecível. Pessoas de todas as idades e de toda a região virão a Beltrão para prestigiar”, enfatiza o prefeito.

 

Festival Marreco de Ouro

As festividades terão sequência no dia 1º de maio (feriado), a partir das 19h00, também no Calçadão, com a finalíssima do Festival Municipal da Canção Marreco de Ouro. São 20 candidatos classificados nas categorias infanto-juvenil e adulto, São 10 concorrentes por categoria.

Todos que chegaram à final receberão premiação em dinheiro. São R$ 10 mil, troféus e duas bolsas de estudos para o curso de inglês da KNN Idiomas. Os dois campeões ganharão estas bolsas.

O Marreco de Ouro teve cinco classificatórias realizadas nas comunidades de Nova Concórdia e Km 20, e  nos bairros Pinheirão, São Miguel e Vila Nova. Cada classificatória contou com 30 candidatos, classificando dois por categoria. A previsão do Departamento de Cultura é de grande presença de público, a exemplo do que aconteceu nas classificatórias.