O Centro Cultural Dom Agostinho, em Palmas, recebe nesta semana, o espetáculo teatral Árvores Abatidas ou Para Luis Melo, uma produção da Companhia Stavis-Damaceno, que completa 15 anos de atuação em 2019.

Através do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), a companhia está percorrendo 15 cidades do Paraná, realizando apresentações gratuitas. Em Palmas serão três exibições: quarta (28), quinta (29) e sexta-feira (30), às 20h.

Indicada aos Prêmios Shell, APCA e Aplauso Brasil, a peça Árvores Abatidas ou Para Luis Melo traz à cena uma mulher que, convidada a um “jantar artístico”, em homenagem ao famoso ator do Teatro Nacional e que faz até telenovelas, percebe que está, na verdade, em uma reunião de talentos medíocres. Arrependida de ter aceitado o convite e enquanto espera o famoso ator, que nunca chega, ela reflete sobre sua vida e o meio que a cerca, sob a lembrança de uma grande amiga de todos enterrada naquele mesmo dia.

Algumas das características marcantes da peça são a caricatura e o exagero como linguagem, o tom poético com repetições e variações, uma pitada de grotesco e o cuidado minucioso com a musicalidade e ritmo das frases, além das ideias implacáveis contra as misérias da sociedade e do ser humano.