Os empresários de Francisco Beltrão ligados a Associação de Potencialização de Espaços Comerciais, a Apec, e que também compõe o Alto da Júlio foram contemplados pela Lei Rouanet de incentivo a Cultura. Com o aval do Ministério da Cultura e com o aporte financeiro dos empresários, a associação terá dinheiro disponível para a elaboração e melhoramento das campanhas do comércio, fortalecendo assim, o setor.

A consultora do Sebrae, Jocelei Fiorentin enaltece a participação dos empresários.

Ao todo, são 41 empresas que estão participando do projeto. Com esse dinheiro, as empresas poderão planejar, organizar e realizar iniciativas de entretenimento, cultura e arte, com apresentações de dança, música e teatro no trecho da avenida conhecido como Alto da Julio Assis.

A associação foi formada há três anos, junto com o Sebrae e desde a organização colhem os frutos deste trabalho. O presidente da associação, Guy Mauro Berhost, conhecido como Leco da GMB, reconhece o reforço que o dinheiro proveniente da Lei Rouanet dará ao comércio de Francisco Beltrão.

Em agosto, haverá o lançamento das promoções até o final do ano nas empresas do Alto da Julio.