O Departamento de Cultura de Francisco Beltrão lançou nesta quinta feira, 25, dois livros que tratam sobre a identidade cultural do município. O primeiro, intitulado “Ruas da Cidade”, é um apanhado de cerca de 250 microbiografias de pessoas que emprestam seus nomes às ruas, avenidas, praças, parques e instituições públicas da cidade. Já o segundo, denominado “Antropologia Visual de Francisco Beltrão” é o maior acervo documental já editado no município, com acervo fotográfico das décadas de 40 a 70.

O trabalho iniciou na administração passada com a participação direta da diretora Tania Ghedin, porém foi editado e impresso pela atual diretora Soraia Quintana. Todas as famílias e pioneiros da cidade receberam os exemplares do livros, que também estarão disponíveis nas bibliotecas das escolas municipais.