A manhã desta terça-feira (23) foi de muito trabalho para os colaboradores e funcionários da Matriz São Francisco de Assis. Ao lado da igreja, barraquinhas foram erguidas e a movimentação não parava mais. Tudo isso porque começou no período da tarde a programação em comemoração a São Francisco de Assis, padroeiro de Chopinzinho, no sudoeste do Paraná.

A data é celebrada no dia 04 de outubro, quando na cidade também é feriado municipal. Mas devido às eleições do dia 05 do próximo mês, a programação religiosa e festiva foi antecipada. “Antecipamos a programação festiva e mantemos a programação religiosa, penso que não interfere nada no que diz respeito ao pleito eleitoral”. Comenta o Pároco, Frei José Idair.

Neste ano duas novidades, a novena e a primeira Feira Franciscana, “iniciamos a novena de São Francisco de Assis, dia 23 de setembro até o dia 03 de outubro. Toda essa novena tem a finalidade de nos preparar para o dia de São Francisco, para a grande celebração solene que pretendemos realizar como fazemos todos os anos. Junto com a novena temos a Feira Franciscana nesta primeira semana. A feira é um momento de encontro, confraternização e vivência fraterna”.

Barraca de refrigerante, sorvete e doces.
  • Compartilhe no Facebook

Barraca de refrigerante, sorvete e doces.

Pastéis, cachorro-quente, cuca, bolachas, tapioca são alguns produtos comercializados na feira, a qual conta com a participação de pastorais e colaboradores da igreja. O tradicional almoço do padroeiro acontece no domingo (28). O cardápio será porco a paraguaia e os ingressos já podem ser adquiridos no valor de R$ 15,00.

O diferencial da feira é que seguindo orientações da diocese, não será comercializada bebida alcoólica, “a nossa festa acontece dentro de uma perspectiva e experiência que a diocese nos propõe a fazer, toda a igreja esta caminhando para isso. Então não será comercializada no tempo da feira, bebida alcoólica. É uma tentativa de redimensionar as nossas festas e de perceber que a gente pode se alegrar sem álcool, drogas, sem isso ou aquilo”. Diz Idair.