Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
10 de maio de 2021
Rádios

Cultura indígena no contexto da educação foi tema de live em Chopinzinho

Iniciativa foi da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e envolveu professores das aldeias Guarani e Caingangue.

Educação e Cultura

por Evandro Artuzzi

g_1618947216
Publicidade

Em uma tarde de muita informação em formato de mesa redonda, a Live Aldeia que educa trouxe o debate indígena no contexto da educação. A transmissão aconteceu pelo Facebook na última segunda-feira (19), e tinha como foco os professores da rede municipal de ensino e demais pessoas interessadas na temática.

Participaram do encontro Oseias Poty (pedagogo e professor Guarani), Lais Gabriel (pedagoga e professora Kaingang) e Leticia Laleska Gabriel (pedagoga Kaingang). A mediação foi feita pela assistente social Eliana Piaia. O evento foi organizado pela Secretaria de Educação, Cultura e Esporte e teve mais de 4.500 pessoas alcançadas.

O Prefeito Edson Cenci (Neco) conta que foi um momento de conhecer mais sobre as culturas Guarani e Kaingang. “Faz parte do nosso momento valorizar. Acima de parabenizar pelo Dia do Índio, precisamos pensar em inclusão e em reconhecer o que herdamos de seus costumes, do que criaram, suas receitas e modo de levar a vida. Precisamos pensar em inserção”, reflete. Vale lembrar que a Reserva Indígena de Mangueirinha está entre os Municípios de Chopinzinho, Mangueirinha e Coronel Vivida.

“Para mim o dia 19 de abril não é de comemoração, e sim um símbolo de luta e resistência. A Prefeitura abriu este espaço para estarmos trazendo nosso conhecimento tradicional das nossas etnias, quebrando paradigmas que o índio é o coitadinho, que fica lá na comunidade, que é desprovido de conhecimento, que vive às custas do Governo”, afirma Lais Gabriel, que é pedagoga e hoje cursa Geografia. (Fonte: Assessoria)

Publicidade