Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
01 de agosto de 2021
Rádios

CRE retorna atividades com redução nos atendimentos em Francisco Beltrão

Saúde

por Angela Maria

8fb578d4-655d-4891-a352-03dcb8c347be
Publicidade
[Grupo RBJ de Comunicação] CRE retorna atividades com redução nos atendimentos em Francisco Beltrão — Ivone Faust Sponchiado - Coordenadora geral do CRE (Centro Regional de Especialidades).
Ivone Faust Sponchiado - Coordenadora geral do CRE (Centro Regional de Especialidades).

O CRE (Centro Regional de Especialidades) de Francisco Beltrão retomou nesta quarta-feira, seu atendimento presencial após 14 dias. Segundo a coordenadora geral, Ivone Faust Sponchiado, nesse período, a unidade manteve apenas os serviços de tomografia.

Além disso, mesmo com o atendimento presencial voltando à normalidade, ela comenta que a equipe de funcionários está reduzida. “Os funcionários que tem condições de fazer home office, estão fazendo. Nós temos uma resolução do Consórcio ajustando todos esses períodos de atendimento não presencial.” Pontua.

Ivone comentou ainda, que a rotina de trabalho também está diferente. “Estamos seguindo o protocolo determinado pelo município, deslocamentos, reuniões em Curitiba, toda essa parte estamos fazendo por conferência online, mantendo a comunicação por telefone.” Afirmou. Ouça a entrevista na íntegra:

Publicidade
Publicidade

 

[Grupo RBJ de Comunicação] CRE retorna atividades com redução nos atendimentos em Francisco Beltrão — Graziela Nodari - Diretora técnica do CRE (Centro Regional de Especialidades).
Graziela Nodari - Diretora técnica do CRE (Centro Regional de Especialidades).

Nossa reportagem também conversou com a diretora técnica, Graziela Giacobo Nodari, que explicou todo o protocolo adotado pelo CRE, em relação às medidas preventivas, já que ali são atendidos os 27 municípios que abrangem a Oitava Regional de Saúde do Sudoeste.

“A gente vem trabalhando de uma forma à evitar qualquer situação que exponha os pacientes em risco, a gente vai retornando aos poucos mantendo o distanciamento social.” Afirma.

Segundo ela, o centro foi separado em alas para evitar aglomeração. Todas as cadeiras estão isoladas, mantendo o espaço pedido pelas autoridades de saúde e todos os pacientes antes da triagem, fazem a higienização das mãos e aferição da temperatura.

Publicidade
Publicidade

“A gente reduziu em 70% os nossos atendimentos, trabalhamos todo protocolo de distanciamento, isolando cadeiras, corredores, áreas, mudando o fluxo porta de entrada e saída.” Afirmou. Confira na integra:

 

 

Publicidade