Nas farmácias de Francisco Beltrão a resposta pela procura do álcool gel é a mesma: está em falta. Na manhã desta terça-feira (17), a reportagem da rádio Onda Sul fez um levantamento em seis farmácias da cidade.

Em quatro delas, o antisséptico estava em falta sem previsão de chegada. Nas outras duas, o produto havia chegado. Mas além das poucas unidades disponíveis, em poucos minutos o estoque acabou devido à grande procura.

O mesmo acontece com as máscaras. Em uma das farmácias a funcionária relata a dificuldade de conseguir o produto para o equipe de funcionários, quanto menos, para os clientes.

A gerente da Farmácia Brava, Marla Barbara de Medeiros, disse que o pedido de álcool gel e máscaras é feito diariamente, mas que tem sido difícil conseguir o suficiente para atender a demanda. Ouça: