Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
27 de maio de 2022
Rádios

Coronavírus infectou mais de 200 crianças de 5 a 11 anos em Palmas

Faixa etária é a próxima no Plano de Imunização contra a doença.

Saúde

por Guilherme Zimermann

coronavirus-4958989_1920
Imagem: Thiago Lazarino/Pixabay
Publicidade

Mais de 200 crianças com idades entre 5 e 11 anos foram infectadas pelo coronavírus em Palmas desde o inicio da pandemia. Os dados foram apurados pelo Departamento de Jornalismo da Rádio Club FM junto à Secretaria de Estado da Saúde do Paraná.

Apesar de equivaler a 3% do total de casos registrados no município até a última segunda-feira (10), entidades do setor de saúde, como a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), alertam que as crianças podem ser transmissoras em potencial do vírus.

Entre as faixas etárias, há equilíbrio no número de crianças infectadas, sendo as faixas dos 7, 10 e 11 anos as que tiveram os maiores registros, conforme demonstra o gráfico abaixo.

[Grupo RBJ de Comunicação] Coronavírus infectou mais de 200 crianças de 5 a 11 anos em Palmas

Os primeiros casos de crianças com Covid-19 foram registrados em Palmas em junho de 2020. Em novembro e dezembro daquele ano, os números aumentaram de forma mais expressiva, baixando logo no inicio de 2021, mas voltando a subir a partir de março, alcançando o pico de contaminações em maio, coincidentemente, no mesmo período em que as aulas foram retomadas na rede municipal de ensino.

Publicidade
Publicidade

Nos meses seguintes os diagnósticos da doença em crianças na faixa dos 5 a 11 anos novamente baixaram. Em outubro e dezembro, por exemplo, apenas um caso foi registrado. No entanto, neste inicio de 2022, até a última segunda-feira (10), 10 casos foram diagnosticados.

[Grupo RBJ de Comunicação] Coronavírus infectou mais de 200 crianças de 5 a 11 anos em Palmas

Crianças a partir de 5 anos são as próximas a serem vacinadas contra a Covid-19, em campanha prevista para começar nesta semana em todo o país.

No Paraná, os profissionais envolvidos na vacinação contra a Covid-19 em crianças estão sendo treinados desde a semana passada. No entanto, não há até agora uma data definida de quando os imunizantes começarão a ser aplicados.

Em nota técnica, Ministério da Saúde definiu que a vacinação ocorrerá por faixa etária, com prioridade para as crianças que possuem comorbidades ou deficiências permanentes. Nas crianças sem comorbidades será realizada a imunização por faixa etária conforme a seguinte ordem: de 10 a 11 anos; de 8 a 9 anos; de 6 a 7 anos e, por fim, as de 5 anos. A aplicação será com intervalo de oito semanas entre a primeira e a segunda dose.

Publicidade