A necessidade de uma Reforma Tributária vem ganhando destaque na agenda política nas últimas décadas. Neste ano, as discussões ganharam corpo e chegaram com força ao Congresso Nacional e a expectativa é que o Brasil tenha um novo sistema tributário ainda em 2020.

O setor agrícola acompanha com atenção essas discussões, uma vez que propostas apresentadas podem acarretar em sérios reflexos à agropecuária do país.

Em entrevista à Rádio Club de Palmas, analista em economia da Federação da Agricultura do Paraná, Luiz Eliézer Ferreira, relatou que há três propostas de Reforma Tributária tramitando, sendo duas Propostas de Emenda à Constituição, apresentadas por parlamentares, e outra defendida pelo governo federal.

Ele considera que a reforma é necessária, mas não pode haver aumento da carga tributária sobre o agronegócio, pois afetaria a competitividade dos diversos produtos, aumentando preços também para os consumidores. Ouça no player abaixo: