Está chegando a hora. De 13 a 15 de junho, no Centro de Eventos do Parque de Exposições de Francisco Beltrão, será promovida a 8ª edição da Via Tecnológica do Leite. Na programação constam palestras, exposição e julgamentos de bovinos da raça Holandesa e do Clube da Bezerra, além de eventos culturais. A Via acontece a cada dois anos e se tornou um dos principais acontecimentos do setor leiteiro do Paraná, reunindo produtores, agrônomos, veterinários, zootecnistas, técnicos e convidados de toda região.

A produção de leite no Sudoeste vem crescendo constantemente e se tornou o sustentáculo das pequenas propriedades, gerando renda e oportunidades para as famílias rurais, com participação expressiva na economia da maioria dos municípios. A Via envolve toda a cadeia produtiva do leite. De forma conjunta são debatidas as ações e rumos da atividade.

Conforme a secretária municipal de Agricultura, Maria Lucia Matarezi, durante o evento acontecerá o encontro de entidades ligadas à cadeia produtiva, além de palestras direcionadas a atividade leiteira. “A cada edição a Via vem crescendo graças à integração e conexão dos segmentos públicos, privados e demais organizações que trabalham com o objetivo de ampliar as oportunidades para a tecnologia e renda das propriedades rurais”, diz Maria.

A realização é da Administração Municipal de Francisco Beltrão, por meio da secretaria municipal de Agricultura, Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Instituto Emater, Associação Empresarial, Sociedade Rural e Bonetti AgroNutri, contando  apoio da Cresol, Pionner, Ordemaster, Sicoob, Primato, Macrogen, CRV Lagoa, Senac, Semex, Concen, Sistema Faep, Tortuga, Agrária Nutrição Animal e a indústria Rumo.

 Clube da Bezerra

A Via também se tornou uma vitrine para mostrar o trabalho realizado no município pelo Clube da Bezerra, formado por crianças e adolescentes com idade entre 5 e 14 anos que residem no meio rural. O clube é coordenado pela secretaria municipal de Agricultura.

Os animais do clube serão julgados no dia 15 de junho. Os cinco melhores serão premiados. O objetivo é incentivar crianças e adolescentes a continuar no campo. Para tanto são capacitados sobre manejo, trato e criação das bezerras. “Nossa meta é envolver as crianças nas atividades da família e da produção para que elas cresçam neste ambiente e continuem no campo, promovendo a sucessão familiar”, esclarece Maria.

Programação

13/06 – Quinta-feira:

09h00: Abertura oficial no auditório do Centro de Eventos

09h25: Milk Break

09h30: Palestra: Perspectiva e Desafios da Produção de Leite na Região Sul do Brasil. Palestrante: Airton Spies

11h00: Palestra: Perspectiva Case de Sucessos da Granja Cichelero. Palestrante: Daniel Cichelero.

14h00: Palestra: Seleção de Acasalamento Genômico. Palestrante: Rafael Tavares Ribeiro.

19h00: Palestra: Fatores que determinam o Sucesso de um Produtor de Leite. Palestrante: Mikael Neumann.

20h30: Jantar e apresentações artísticas do CTG Recordando os Pagos.

Prato: Carreteiro

14/06 – Sexta-feira:

09h15: Milk Break

09h30: Palestra: Como obter Produtividade com Qualidade. Palestrante: Robson Fernando de Paula.

10h30: Palestra: Empreendedorismo e Sucessão Familiar: Caso de sucesso. Palestrante: Marlene Kaiut.

11h30: Palestra: Empoderamento Feminino. Palestrante: Flávia Saturnino de Sá.

14h00: Julgamento e ranqueamento de Animais

19h00: Palestra: Sinais da Vaca. Palestrante: Samuel Hylario.

20h30: Jantar e Apresentações Artísticas pelo CTG Herdeiros da Tradição. Chegada da Cavalgada da Lua Cheia.

Prato: Vaca Atolada

15/06 – Sábado:

07h00: Mateada e sapecada de pinhão com gravação do Programa Cheiro de Galpão pelo CTG Rancho Crioulo.

10h30: Julgamento do Clube da Bezerra.

12h30: Almoço: Tertúlia e Gaitas com o CTG Herdeiros da Tradição/Rancho Crioulo.

Prato: Costelão de Fogo de Chão

Fonte: Assessoria de comunicação