A movimentação financeira do setor agropecuário de Palmas, Sul do Paraná, na safra 2017/2018 atingiu R$ 306,013 milhões, montante 14,6% maior que o registrado na safra anterior (2016/2017). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (27), pelo Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab), através do relatório do Valor Bruto de Produção (VBP).

+ Relatório do VBP aponta queda na movimentação financeira da agricultura palmense

+ Queda de preços nas commodities contribuiu para redução do VBP de Palmas

O VBP é calculado anualmente com base na produção  municipal e nos preços recebidos pelos produtores paranaenses. Engloba produtos da agricultura, da pecuária, da silvicultura, do extrativismo vegetal, da olericultura, da fruticultura, de plantas aromáticas, medicinais e ornamentais, da pesca, entre outras.

Conforme o relatório, da produção palmense, a soja representou 41,9% de toda a geração financeira, cerca de R$ 128,2 milhões. A produção de batata somou R$ 39,8 milhões. O setor da maçã contabilizou R$ 24,8 milhões no VBP, com uma produção estimada em 9,7 mil toneladas.

Na silvicultura, que engloba a produção de erva-mate, resíduos florestais e madeira para diferentes finalidades, como laminação, papel e celulose, o VBP ultrapassou R$ 58,5 milhões.