O setor agrícola de Palmas, Sul do Paraná, apresentou crescimento de 14,6% entre 2017 e 2018, segundo dados da Secretaria de Estado da Agricultura (Seab) divulgados no final do mês de junho. Na safra 2017/2018, a movimentação financeira atingiu R$ 306,013 milhões, enquanto que na safra 2016/2017, os valores somaram R$ 266,98 milhões.

A principal cultura das lavouras palmenses, a soja – que representa quase 42% do VBP (Valor Bruto de Produção) do município – teve um crescimento de 18,7% entre as duas safras.

A comercialização de resíduos florestais resultou no aumento de quase 90% na movimentação financeira, enquanto que a safra da batata das águas apresentou crescimento superior a 83%.

Considerando os dez principais produtos do VBP de Palmas – que equivalem a 87,1% de toda a geração financeira do setor agrícola – apenas o milho, a batata da seca e o pinus destinado à indústria de compensados apresentaram queda de preços em comparação à safra 2016/2017. Os demais registraram crescimento, conforme é demonstrado no quadro abaixo.

  • Compartilhe no Facebook