Uma comissão composta por servidores municipais das áreas de planejamento, engenharia, topografia, jurídico, assistência social e meio ambiente, juntamente com os vereadores Nilson José Rodrigues (PPS) e Mauri Bellé (Pros), se reuniram da manhã de quinta-feira (23), para analisar a documentação elaborada pelos técnicos da prefeitura. O objetivo é acompanhar o andamento do processo de regularização dos terrenos da sede da comunidade da Paz.

A Comissão Integrada de Regularização Fundiária (CIRF), presidida pelo secretário de Planejamento, Urbanismo e Projetos, Luciano Henrard, será responsável pela execução dos trabalhos, como, medidas jurídicas, ambientais e sociais e urbanização, que visam a regularização das áreas irregulares, garantindo assim, o direito social e legal da propriedade.

Com base no material existente, o próximo passo será a realização de novas visitas para atualização de cadastros nas propriedades e emissão de pareceres, necessárias para elaboração do projeto final. Outras áreas do município também estão em fase de avaliação e estudo pela atual administração municipal.

A regularização fundiária é uma das bandeiras defendidas pelo prefeito Gelson Costa (PTB). Em seu primeiro mandato (2013/2016), foram entregues títulos de propriedades na Comunidade de São Judas Tadeu.

Fonte: Assessoria