A regulamentação do comércio do queijo de leite cru, é um dos principais desafios das agroindústrias da região. Produtores de queijo do Sudoeste do Paraná, estão se mobilizando para a formalização da Associação dos Queijeiros.

Segundo a Coordenadora de Agroindústria Regional da Emater, Márcia de Andrade, que está acompanhando o processo, o empenho é tentar regularizar o comércio do queijo de leite cru. Buscando alternativas que possibilitem a comercialização, para isso a criação de uma associação. “Já existem Leis no âmbito Federal e Estadual que permitem a venda do queijo de leite cru, agora temos que se adequar a essas Leis Federais e Estaduais, ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para nossa comercialização interna”, disse a coordenadora.

Para o produtor que deseja ter sua agroindústria formalizada para venda de queijos, deve estar adequado as normativas 76 e 77, que trazem novas regras para produção de leite no país. Em Palmas e em outros municípios do Sudoeste, os interessados a fazerem parte da Associação dos Queijeiros, devem entrar em contato com a EMATER local.