É lei: produtores de leite passam a obrigatoriamente ter de utilizar tanques de expansão, para resfriamento de leite. A medida é importante para garantir a qualidade do leite, no entanto, pode inviabilizar a atividade de pequenos agricultores familiares. Com isso, a Administração Municipal vem investindo na aquisição de tanques de expansão. Na quarta-feira (20) mais cinco foram entregues, em pareceria com a CLAF – Cooperativa de Leite e Agricultura Familiar de Chopinzinho.

O investimento foi de R$ 30 mil, com recursos de emenda parlamentar do então Deputado Federal Assis do Couto. Somando-se estes, foram 30 tanques entregues, sendo 25 adquiridos com Recursos Próprios do Município. “Entendemos que neste momento, com a exigência do Ministério da Agricultura, os pequenos produtores podem ter dificuldade em adquirir. Acreditamos que através do fortalecimento do setor produtivo, da agricultura, estaremos gerando empregos e circulando dinheiro no comércio”, afirma o Prefeito Álvaro Scolaro.

Foram entregues 2 tanques de 300 litros e 3 de 400 litros. “É muito importante [entrega] com certeza. Temos ainda em nosso quadro social alguns produtores que não tem o equipamento, e é imprescindível dentro da atividade de leite. A parceria vem com certeza ajudar nosso produtor e a cooperativa, manter o agricultor na atividade”, diz a Presidente da CLAF, Luci A. C. Baraldi. Ela salienta, ainda, que o tanque vem complementar uma série de atividades no manejo, que colaboram na qualidade do leite, como a sanidade animal.

Os equipamentos já foram levados para as propriedades e na próxima semana estarão em funcionamento. Além destas entregas, já estão confirmados mais 10 tanques. Outros 7 estão com projeto para aprovação estadual, também junto com a CLAF. E isto é apenas uma parte do investimento da Administração Municipal com o leite, que conta com o Programa Mais Leite, Leite ideal, sanidade animal, assistência técnica, sêmen e hora máquina.

Fonte e foto: Assessoria.