Os produtos agora seguirão semanalmente para comercialização na Ceasa. O  grupo de pequenos agricultores do município sul paranaense já está  se preparando  para o cuidado com o solo, qualidade da produção, capacidade produtiva e logística. A projeção inicial é enviar duas cargas por semana com repolho, couve-flor, brócolis, beterraba  alface. Também haverá entrega sazonal de salsinha, cebolinha e mandioca.

couve
  • Compartilhe no Facebook

Ilustrativa/AEN/Pr

Participam do projeto vinte produtores dos assentamentos Sonho de Rose e 12 de Abril, Linha Navegantes, Linha Palmas e das comunidades do Iratinzinho e Cascata.

Além da preparação do solo e apontamento de custos, na próxima segunda-feira, os produtores estarão reunidos para tratar da logística da comercialização e os processos de qualidade exigidos pela Ceasa. Os alimentos começam a ser plantados em abril e as primeiras cargas serão entregues na Ceasa em julho.

Atualmente o município, através da prefeitura, já vem adquirindo a produção para a merenda escolar e para abastecer o Restaurante Popular.