Com 43 mil hectares destinados à produção de soja, a maior área destinada à cultura entre os municípios de Santa Catarina, os produtores rurais de Abelardo Luz, Oeste do Estado, esperam bater recorde de produtividade na safra deste ano. A estimativa é atingir uma média de 70 sacas por hectare, de acordo com o Sindicato Rural abelardense.

Capital Nacional da Semente de Soja, título recebido através de Lei sancionada pela então presidente, Dilma Rousseff, em 2014, Abelardo Luz tem sido agraciado com um dos melhores cenários climáticos da última década, com bons índices de chuva e de luminosidade, segundo os produtores. A colheita deve ser finalizada entre o fim de março e começo de abril.

Com relação ao milho, a expectativa é aumentar em 40% o volume produzido em todo o Estado de Santa Catarina, alcançando 3,5 milhões. Após sofrer com escassez do produto no último ano, o que instaurou uma grave crise no setor agroindustrial, o Governo do Estado lançou programas de incentivo, levando os agricultores a aumentarem em 20% a área destinada à cultura.