Os produtores associados das cooperativas Copervin (Cooperativa Regional dos Viticultores do Sudoeste), de Francisco Beltrão, e Coopevi (Cooperativa Amperense dos Produtores de Vinho), de Ampere, já fazem a contagem regressiva para iniciar, definitivamente, a produção de suco de uva na unidade industrial, estruturada no Condomínio Industrial Dante Manfroi, em Beltrão, através de uma parceria entre ambas as cooperativas.

Quinta-feira, 11, fiscais do Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa) estiveram em Francisco Beltrão para vistoriar a fábrica. Ivanir Schmitz, presidente da Copervin, acompanhou a visita e disse que todos os equipamentos e a estrutura atenderam as exigências do Mapa. “A equipe ficou o dia todo por aqui. Tudo que estava previsto nós atendemos, dentro dos padrões exigidos, apenas serão necessários alguns ajustes externos no barracão, ainda restam alguns trabalhos para fazer. Contudo, acredito que na próxima semana já devemos receber o registro que permitirá a comercialização do suco”, comenta.

Conforme Ivanir, ainda nesta semana deverão ser realizados os primeiros testes nos equipamentos utilizando matéria-prima dos associados. “Já podemos iniciar a produção, só precisamos aguardar o registro para poder comercializar. Temos vários produtores com as uvas prontas para a colheita, então acredito que na próxima semana seja iniciada a produção”, afirma o presidente da Copervin.

A maior parte da produção será destinada para os programas de Aquisição de Alimentos (PAA) e Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A operacionalização será feita por seis colaboradores, três associados de cada cooperativa. A produção será gerenciada pelos próprios diretores das duas cooperativas. “Tem tudo pra dar certo e esperamos que os produtores consigam um produto de qualidade, pois será fundamental para um bom produto final. Fiquei admirado nesta semana, quando visitei os parreirais de um produtor associado e vi a qualidade e sanidade da uva. Se o clima contribuir, acredito que teremos uma ótima safra”, acrescente Ivanir.