A produção agropecuária de Palmas, Sul do Paraná, superou os R$ 317,3 milhões em 2016, segundo o relatório preliminar do Valor Bruto de Produção (VBP) divulgado nesta semana pela Secretaria da Agricultura do Estado. A movimentação financeira do setor cresceu 14,2% comparado à 2015, quando o VBP alcançou R$ 277,8 milhões.

O VBP, de frequência anual, é calculado com base na produção  municipal e nos preços recebidos pelos produtores paranaenses. Engloba produtos da agricultura, da pecuária, da silvicultura, do extrativismo vegetal, da olericultura, da fruticultura, de plantas aromáticas, medicinais e ornamentais, da pesca, entre outras.

Do total, a soja foi responsável por 37%, gerando R$ 117,9 milhões. Na bataticultura, com 42,5 mil toneladas produzidas, a movimentação financeira superou R$ 74,2 milhões. Através da bacia leiteira foram R$ 8,7 milhões. No setor da pomicultura, as 11,8 mil toneladas de maçã colhidas nos quase 400 hectares de pomares, totalizaram cerca R$ 21,2 milhões.