Proprietários de mais de 3,7 mil imóveis rurais da microrregião de Palmas, Centro-Sul do Paraná, já efetuaram o Cadastro Ambiental Rural (CAR). Ao todo, a área cadastrada supera os 370 mil hectares. O prazo para a entrega da documentação pertinente aos imóveis termina em 31 de dezembro.

MunicípioNúmero de propriedades cadastradasÁrea cadastrada (ha)
Palmas39595,7 mil
Clevelândia91345,8 mil
Coronel Domingos Soares66288,8 mil
Mangueirinha1.31097,1 mil
Honório Serpa47645,8 mil
Total3.756370,3 mil

O cadastramento é um registro eletrônico obrigatório em todo país e tem como objetivo promover a identificação, regularização ambiental e monitoramento das propriedades e posses rurais. Os proprietários de áreas de terra devem realizar o cadastro até o dia 31 de dezembro deste ano.

Os proprietários que não realizarem o cadastramento perderão benefícios previstos no Novo Código Florestal, como a suspensão de multas administrativas por corte irregular de vegetação no imóvel e a possibilidade de regularizar áreas de Reserva Legal. Além disso, poderão ser impedidos de conseguir linhas de crédito e financiamentos. No Paraná, os cadastros são homologados pelo IAP (Instituto Ambiental do Estado), que repassa as informações para o Governo Federal, responsável pelo gerenciamento do CAR.

Como forma de auxiliar os proprietários rurais, técnicos e gestores públicos, a Fundação Roberto Marinho, com a colaboração Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), Serviço Florestal Brasileiro e apoio da Skoll Foundation, oferece um curso gratuito, online, com informações, práticas e ferramentas para aumentar a qualidade do cadastro e assim garantir que ele seja útil na tomada de decisões com base nele. Para conhecer o curso, clique aqui.