Até o momento, 395 propriedades rurais de Palmas, Sul do Paraná, apresentaram a documentação para o Cadastro Ambiental Rural (CAR), o que representa mais de 95,7 mil hectares – 62% da área rural do município. Ao todo, são cerca de 720 propriedades rurais registradas no município. O cadastramento é um registro eletrônico obrigatório em todo país e tem como objetivo promover a identificação, regularização ambiental e monitoramento das propriedades e posses rurais. Os proprietários de áreas de terra devem realizar o cadastro até o dia 31 de dezembro deste ano.

Os proprietários que não realizarem o cadastramento perderão benefícios previstos no Novo Código Florestal, como a suspensão de multas administrativas por corte irregular de vegetação no imóvel e a possibilidade de regularizar áreas de Reserva Legal. Além disso, poderão ser impedidos de conseguir linhas de crédito e financiamentos. No Paraná, os cadastros são homologados pelo IAP, que repassa as informações para o Governo Federal, responsável pelo gerenciamento do CAR.

Como forma de auxiliar os proprietários rurais, técnicos e gestores públicos, a Fundação Roberto Marinho, com a colaboração Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), Serviço Florestal Brasileiro e apoio da Skoll Foundation, oferece um curso gratuito, online, com informações, práticas e ferramentas para aumentar a qualidade do cadastro e assim garantir que ele seja útil na tomada de decisões com base nele. Para conhecer o curso, clique aqui.