Apesar de ter apresentado um crescimento de aproximadamente 30% nos últimos cinco anos na movimentação financeira gerada pelas atividades agro-silvo-pastoris, o município de Palmas ocupa apenas a  sexta colocação.Clique e consulte em detalhes VBP 2012

A posição do município ocorre a partir dos dados preliminares do Valor Bruto da Produção (VBP) de 2012, calculado  pelo Departamento de Economia Rural(Deral) da SEAB/PR, com base na produção da agricultura, da pecuária, da silvicultura, do extrativismo vegetal, da olericultura, da fruticultura e várias outras e nos preços recebidos pelos produtores.

O município de Pato Branco é o que obteve maior resultado financeiro com as atividades rurais com R$ 332 milhões de reais. Em nível de Sudoeste o maior VBP pertence ao município de Francisco Beltrão, com R$ 591 milhões, seguido de Dois Vizinhos, com R$ 524 milhões de reais, em 2012.

 RANKING

 01)Pato Branco – R$332 milhões

02)Chopinzinho – R$205 milhões

03)Itapejara D.oeste –  R$- 188 milhões

04)Mangueirinha- R$ 185 milhões

05)São João – R$166 milhões

06)Palmas – R$142 milhões

07)Coronel Vivida – R$129 milhões

08)Clevelândia – R$ 124 milhões

09)Bom Sucesso do Sul – R$114 milhões

10)Vitorino – R$109 milhões

11)Coronel Domingos Soares – R$100,3 milhões

12)Sulina – R$100,3 milhões

13)Mariópolis – R$91,6 milhões

14)Honório Serpa – R$ 79,5 milhões

 15)Saudade do Iguaçu – R$ 60 milhões

Essa é a primeira versão do VBP 2012 e os resultados mais consolidados ainda serão enviados à Secretaria da Fazenda para as prefeituras que  terão um prazo para entrar com recursos caso achem necessário questionar a estimativa final que ainda será apresentada.

O Deral faz a estimativa de faturamento bruto da produção agropecuária de aproximadamente 500 itens em todo o Estado. O resultado é utilizado pela Secretaria da Fazenda para compor a cesta de índices que forma o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).