A superintendência do Incra vai promover, a partir deste mês, por meio de chamada pública, a seleção de entidades prestadoras de serviços de Assistência técnica e Extensão Rural (Ater) para a Reforma Agrária. Para a  região poderão  ser criadas  sedes operacionais nos municípios Palmas, Marmeleiro e Quedas do Iguaçu.

 De acordo com o superintendente regional do Incra no Paraná, Nilton Bezerra Guedes, os critérios para a seleção da(s) entidade(s) serão experiência da entidade em atividades de assistência técnica, melhor proposta técnica, qualificação das equipes e infraestrutura para execução dos serviços.

O objetivo do trabalho é buscar a soberania alimentar e nutricional das famílias assentadas em um processo de capacitação continuado, inclusive na elaboração os projetos técnicos do PRONAF, Programa de Aquisição de Alimentos e Programa Nacional de Alimentação Escolar.

As equipes de assistência técnica deverão acompanhar a implementação de projetos técnicos produtivos e de comercialização, elaborar projetos de recuperação ambiental e orientar e capacitar as famílias na implementação nessas ações  e solicitar Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) junto ao Incra. Além disso, vão elaborar Planos de Desenvolvimento Sustentável dos Assentamentos e fomentar a transição agroecológica de produção, dentre outras ações que aliam o desenvolvimento sustentável com a qualificação na agricultura familiar paranaense.