Em atendimento aos setores avícola e suinícola, a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) realiza na próxima sexta-feira (01), mais dois leilões de milho estocado em armazéns públicos. Serão colocados à venda mais de 26,7 mil toneladas do graão a granel e ensacado.

Em janeiro, entidades representativas do agronegócio de Santa Catarina, encaminharam uma série de reinvidicações ao Governo Federal, pedindo medidas urgentes no barateamento do custo do milho, principal produto para alimentação de suínos e aves. Dentre os pontos elencados, pediam a intervenção da Conab na abertura de leilões para venda do grão e promover a transferência dos estoques do Centro-oeste para a região Sul do Brasil. Em fevereiro, o Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep) autorizou a Companhia a vender até 500 mil t de milho dos estoques públicos.  Até o momento já foram arrematadas 487,3 mil t, por meio de 11 operações.

Para participar dos leilões da Conab, os interessados devem estar cadastrados na bolsa de mercadorias por meio da qual pretendam realizar a operação, além de estar em situação regular no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab – SIRCOI.