A região do Núcleo da Secretaria de Estado da Agricultura (Seab) de Pato Branco deverá colher cerca de 1,2 milhão toneladas de soja, o maior volume já registrado. Os números foram apresentados pelo técnico do Departamento de Economia Rural (Deral), Ivano Carniel, ao Departamento de Jornalismo da Rádio Club de Palmas.

O Núcleo da Seab de Pato Branco abrange 15 municípios: Bom Sucesso do Sul, Chopinzinho, Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Coronel Vivida, Honório Serpa, Itapejara do Oeste, Mangueirinha, Mariópolis, Sulina, Palmas, Pato Branco, São João, Saudade do Iguaçu e Vitorino.

Nessa região já teve inicio a colheita da soja, com 15% da sua área de 325 mil hectares já colhida. Com relação ao milho, a colheita dos 26,5 mil hectares iniciou nesta semana.

Além da boa produtividade na lavoura, os preços tem agradado os produtores, com a saca da soja chegando a R$ 80,00. No milho, os preços ficam na casa dos R$ 42,50. “Esses preços se devem à demanda do mercado chinês, o que faz essa sustentação dos preços”, analisa Carniel.

Ouça a entrevista no player abaixo: