Fundada em maio de 2000, a Coacan – Cooperativa Agropecuária Candói está em pleno desenvolvimento. Em 2015, quando completou 15 anos, deu início ao projeto para implantar uma fábrica de rações, que se tornou realidade em meados de 2017, com a criação da marca “Ultramax”.

Com uma produção inicial de 100 toneladas por dia, a fábrica opera com equipamentos de alta tecnologia e automação com tecnologia nacional. Na vistoria feita pelo MAPA (Ministério de Agropecuária, Pecuária e Agricultura) a estrutura atingiu nota máxima. Desde então, o trabalho tem sido árduo, obtendo excelentes resultados, com ampliação da linha de produtos para atender suinocultores e avicultores, além dos pecuaristas.

Conforme o diretor presidente da cooperativa, Mauro Mendes de Araújo, a evolução da cooperativa deu origem a novos produtos, que já estão à disposição dos clientes locais e regionais. “Estamos com a Ultramax aves inicial, Ultramax aves terminação, Ultramax aves poedeiras, Ultramax suínos terminação e corte, Ultramax equinos, além daquelas que já vinham sendo produzidas voltadas a pecuária de corte e leite”, destacou.

  • Compartilhe no Facebook

Mauro Mendes de Araújo, presidente da Coacan, e o gerente, Edson Luiz Pereira da Silva, com os folders dos novos produtos Ultramax. Foto: Evandro Artuzi/Extra FM

Mauro afirma que a vendas estão com resultado positivo, o povo da região tem aderido bem aos produtos que são produzidos com produtos adquiridos de produtores da região. A cooperativa também já trabalha com a possibilidade de ampliar o quadro social. “Está sendo elaborado um novo estatuto que permita o ingresso de novos associados”, ressalta o presidente.

Na avaliação do gerente da Coacan, Edson Luiz Pereira da Silva, o projeto da fábrica e ração já está consolidado. Segundo ele, o grande diferencial é que a cooperativa conseguiu agregar valor à matéria prima produzida em Candói. “Antigamente a gente só beneficiava só a nossa produção, e hoje a gente tem o privilégio de industrial, também ampliamos o nosso portfólio com produtos para equinos, aves e suínos”, pontou.

Edson alembra ainda que a Coacan consegue ser competitiva em relação as demais marcas disponíveis no mercado regional e estadual. Isso é possível por uma série de fatores, inclusive a logística, por ter acesso facilitado aos grandes centros comerciais via BR-277, que está a poucos quilômetros da sede da cooperativa.

Para conhecer mais sobre a Coacan/Ultramax acesse www.coacan.com.br ou www.ultramax.ind.br

Ouça reportagem Extra FM…