Produtos fresquinhos e de qualidade, direto do produtor da agricultura familiar para as escolas e centros municipais de educação infantil. É com este objetivo que ano após ano a Administração Municipal investe na compra da merenda escolar dos produtores locais. No momento, está aberto Chamamento Público para compra direta da agricultura familiar.

Os interessados devem apresentar a documentação para habilitação e projeto de venda até o dia 08 de outubro. São realizados dois chamamentos por ano (respeitando a sazonalidade dos produtos), e este será válido até março de 2020. São 42 itens: de frutas, verduras, carnes, legumes, pães, bolachas, macarrão, entre outros. É ganho para o agricultor, para as instituições de ensino e para o Município, que mantêm os recursos circulando no comércio local.

“Isto fomenta a agricultura, ajudando o agricultor a continuar no campo, e para as escolas e CMEI`s, é certeza de qualidade de alimentação, mais nutrientes e menos agrotóxicos”, explica a nutricionista Nani Caroline da Silva, responsável técnica pela merenda escolar. Também, ajuda as crianças a entenderem a importância de uma alimentação mais saudável, com produtos menos processados e conhecendo a origem dos produtos.

A legislação, de 2015, diz que é obrigatória a compra de pelo menos 30% da merenda da agricultura familiar. A Secretaria de Educação desde 2016 vem fazendo trabalho em parceria com a Secretaria de Agricultura para fazer mobilização de quem tem produtos que pode entregar para a alimentação escolar e, assim, Chopinzinho já alcançou 100%.