Cerca de 30 presidentes das associações do “Programa Orçamento Participativo”, assinaram na tarde desta terça-feira (28), o termo de permissão para uso de equipamentos nas associações do município de Candói. Na ocasião estiveram presentes o secretário de Governo, Daniel Silva, o secretário de Agricultura e Pecuária, Darcy Picolo e o vereador Zezinho Mis (PTB).

Entre os equipamentos solicitados pelos cultivadores, estão arado subsolador, batedeira de cereais, carreta agrícola, classificador e distribuidor de sementes, colhedora de forragem, balança de pesagem de animais, geladeira, freezer, fogão industrial, entre outros.

Em abril, foi realizada a primeira reunião do ano com a diretoria de 44 associações. O programa é municipal e mantido com recursos próprios do município de Candói.

  • Compartilhe no Facebook

Termo foi assinado na tarde desta terça-feira (28). De 2018 até agora, prefeitura de Candói já investiu mais de R$ 650 mil. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Cada associação recebe R$ 15 mil por ano, um teto de 45 mil na gestão, que tem como meta injetar mais de R$ 2 milhões no período de 2017 a 2020. Mais de 90% do recurso é investido diretamente na agricultura, principal vetor econômico do município.

Para o agricultor João Maria Pereira, os equipamentos vão ajudar muito na produção. “Moro na Colônia Bebinha e há 15 anos tenho plantação de milho, feijão e verduras. Assim como eu, a maioria dos produtores estavam precisando desses equipamentos, isso vai ajudar muito na minha produção, a atual administração está de parabéns”, disse.

O produtor Renato Albanio, falou sobre o empenho do prefeito Gelson Costa (PTB), em ajudar os agricultores. “Nós só temos que agradecer a prefeitura por esse incentivo. São poucos municípios que fazem isso pelos produtores, todos os equipamentos serão muito bem utilizados”, ressaltou.

Da redação, com informações da assessoria