Menu Últimas Notícias
Grupo RBJ de Comunicação
Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação,
15 de agosto de 2022
RÁDIOS

Adapar monitora uso excessivo de químicos para combater a “cigarrinha-do-milho”

Praga do milho provoca grandes perdas na cultura e uso desmedido de inseticidas está sendo fiscalizado

Agricultura

por Lucas Maciel

cigarrinha-no-milho
Foto: O Presente Rural
Publicidade

Uma das pragas que provocam grandes perdas na cultura do milho a “cigarrinha” têm sido combatida nesta época do ano no estado do Paraná, que é responsável por quase 15% da safra nacional o grão.

O aumento de apreensões de inseticidas e agrotóxicos em geral nas fronteiras acende um alerta dos órgãos fiscalizadores, pois o manejo incorreto dos produtos pode trazer problemas a curto e longo prazo para os produtores rurais.

A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), está fazendo o monitoramento das pragas e do uso de químicos com o objetivo de controlar o inseto vetor Dalbulus Maidis (cigarrinha).

O fiscal de defesa agropecuária da Adapar – escritório regional de Francisco Beltrão, Paulo Ricardo Campos falou à reportagem da Onda Sul sobre a preocupação com a safra:

Publicidade
Publicidade

 

 

 

Publicidade