Projeto do IFPR Palmas é medalha de bronze no Concurso de Aplicativos da Inventum 2017

por Guilherme Zimermann em 16 de outubro de 2017 9:15
por Guilherme Zimermann em 16 de outubro de 2017 9:15
Foto: Rodinei Santos/ Comunicação Prefeitura de PB

Foto: Rodinei Santos/ Comunicação Prefeitura de PB

O aplicativo Smart Bus, desenvolvido por acadêmicos e docentes do curso de Sistemas de Informação do Campus Palmas do Instituto Federal do Paraná (IFPR), foi o terceiro colocado no Concurso de Aplicativos da Feira de Ciências, Tecnologia e Inovação de Pato Branco (Inventum). A premiação ocorreu na noite do último sábado (14), com a presença do prefeito pato-branquense, Augustinho Zucchi, do vice, Robson Cantu, do secretário municipal de ciência e tecnologia, Géri Dutra, e de membros da Fiep (Federação das Indústrias do Paraná) e do Sindimetal (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Paraná), promotores do concurso.

Mais de 50 aplicativos participaram da competição, que buscou projetos em dois temas: “Cidades Inteligentes” e “Indústria 4.0”.  A iniciativa visou estimular a criação e utilização de aplicativos que contribuam na dinâmica, mobilidade e qualidade de vida, otimizando a prestação de serviços aos cidadãos.

Inventum

O aplicativo premiado oferece aos usuários de transporte público, a possibilidade  de obter informações em tempo real sobre a localização do ônibus. Através da ferramenta, o usuário poderá visualizar e acompanhar a posição exata do ônibus, o itinerário e o tempo que levará da sua localização até o ponto de ônibus mais próximo. Além do Smart Bus, o curso de Sistemas de Informação apresentou também o Salve-se, aplicativo de gestão de riscos e prevenção de desastres.

O coordenador do curso de Sistemas de Informação e do projeto, professor Vagner Scamati, agradeceu aos acadêmicos e docentes que participaram no desenvolvimento das aplicações. Destaca que a premiação é consequência do empenho e do bom trabalho dos participantes do projeto e do curso como um todo. “Isso nos motiva a superar novos desafios de pesquisas em outros projetos do nosso curso”, comemora.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar