Suspeito de matar morador de rua é preso pela Polícia Civil

por Francione Pruch em 1 de Fevereiro de 2018 21:45
por Francione Pruch em 1 de Fevereiro de 2018 21:45

Suspeito sendo encaminhado a 19 SDP / Foto: Polícia Civil

Foi preso na tarde desta quinta-feira (01), pela Polícia Civil de Francisco Beltrão, Daniel da Silva, 28 anos, apelido “mazarope”. O mesmo é suspeito de matar Valdenir Aparecido Gonçalves, morador de rua, no dia 21 de dezembro de 2017. O crime ocorreu no ponto de ônibus da linha Santa Bárbara.

Segundo informações da 19ª SDP (Subdivisão Policial) a vítima estava no ponto de ônibus quando foi surpreendido e agredido violentamente, sofrendo vários ferimentos, que foram à causa morte.

Após tomarem conhecimento, os investigadores conseguiram colher evidências que indicavam Daniel da Silva como principal suspeito do crime. O Delegado Valderes Scalco representou pela prisão de Silva.

Ao ser interrogado, o suspeito confessou o crime. Disse que naquela noite se desentendeu com Gonçalves, então o agrediu.

 

Resolução dos crimes

No ano de 2017 ocorreram 10 homicídios em Francisco Beltrão, 17% a menos que em 2016 (total 12), dos quais nove foram solucionadas pela Polícia Civil.

O delegado Scalco, enfatiza a prioridade nos trabalhos de investigação e conclusão do inquérito policial que a Polícia Civil tem dado nos casos de homicídios e demais situações. Destaca o trabalho sério e com responsabilidade, não importando as condições da vitima, que além de morador em condição de rua, sequer tinha documentos, cuja identidade só foi apurada no decorrer das investigações.

 

Mais um caso elucidado

Assim como o foi o caso do homicídio do apelidado Parangolé, também morador em condição de rua, que foi morto e parcialmente queimado, caso também elucidado Policia Civil e que resultou na prisão do autor que tinha fugido para Florianópolis. O mesmo já foi condenado pela Justiça.

Compartilhar