Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Costureira de Francisco Beltrão continua desaparecida

por Redação RBJ em 29 de julho de 2016 18:58
por Redação RBJ em 29 de julho de 2016 18:58

Marli da Silva Frizanco, 47 anos, desapareceu no dia 29 de junho. Foto: Arquivo familiar

Marli da Silva Frizanco, 47 anos, desapareceu no dia 29 de junho. Foto: Arquivo familiar

O desaparecimento da costureira Marli da Silva Frizanco, 47 anos, completou um mês nesta sexta-feira (29) sem novidades. Ela saiu de casa, no Bairro Vila Nova, levando apenas os documentos e com as roupas do corpo e desde então ninguém mais teve notícias. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher.

Conforme a delegada responsável, Emanuelle Carolina Baggio, pessoas ligadas a costureira prestaram depoimento, além de familiares, mas ninguém soube explicar o que pode ter acontecido.  A polícia também verificou que o dinheiro que Marli mantinha numa conta bancária continua intocável, o que causa estranheza. Nesse período de investigação, a polícia recebeu várias informações e todas foram verificadas, mas nenhuma deu pistas sobre o paradeiro da costureira.

Parentes dela que moram em outras regiões foram procurados pela polícia, mas disseram que em nenhum momento foram procurados por ela.  Mesmo assim, a polícia mantém em aberto o inquérito policial e a investigação na tentativa de descobrir o que realmente aconteceu. Para isso, a ajuda da comunidade ainda continua sendo importante. Qualquer informação pode ser prestada à polícia. O contato com a 19ª SDP pode ser feito pelo (46) 3524 – 6353 ou 3524 -5305, na Delegacia da Mulher.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar