MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Eispal trabalha ações de prevenção de doenças bucais

por Guilherme Zimermann em 23 de outubro de 2018 10:12
por Guilherme Zimermann em 23 de outubro de 2018 10:12

Na próxima quinta-feira (25) será celebrado o Dia Nacional da Saúde Bucal, juntamente com o Dia do Dentista, datas que lembram a importância dos cuidados com a higiene oral. Dessa forma, a EISPAL (Escola de Integração Social de Palmas) está promovendo diversas atividades, como forma de incutir já nas crianças a necessidade dos cuidados com a saúde da boca.

Dentre as ações estão palestras educativas ministradas pelo odontologista Antônio Osório Franco Penteado, que, através de vídeos e materiais lúdicos, repassa algumas orientações para os pequenos. Conforme o profissional, a receptividade tem sido excelente por parte dos alunos, mas lembra que é importante também a participação da família nos cuidados. “Por isso nós também convidamos os pais para uma palestra nesta terça-feira (23) à noite, quando vamos explanar sobre isso também”, destaca.

Segundo o odontologista, cerca de 40% das infecções cardiovasculares são originadas de bactérias bucais, que também podem acarretar em problemas para gestantes, como hipertensão arterial, nascimentos prematuros, crianças com baixo peso. “Existe uma série de complicações de saúde que podem ser evitadas com uma boa higiene oral e que nós estaremos abordando nessa palestra para os pais dos alunos da Eispal”, aponta.

Para a coordenadora pedagógica da Eispal, Irmã Marlene Rozeng, a saúde bucal também é considerada um ato educativo, uma vez que as crianças terão noções de higiene que também influem em outras áreas da saúde.

Reforça também a necessidade da participação dos pais nesses cuidados, uma vez que a escola “é parceira dos pais na educação”, mas o principal deve partir da família.

Assim, a coordenação da Eispal convida todos os pais de alunos para a palestra desta terça-feira (23), a partir das 19h30, no salão da escola, onde serão abordados temas referentes à saúde bucal das crianças. Na sequência, os pais se reunirão com as educadoras, onde serão discutidos assuntos relativos à evolução educacional de cada um dos alunos.

Compartilhar