Clero realizou última reunião de 2017 e refletiu sobre importantes assuntos de ordem pastoral

por Luiz Carlos em 1 de dezembro de 2017 8:44
por Luiz Carlos em 1 de dezembro de 2017 8:44

1Nos dias 29 e 30 de novembro, na Casa de Formação Divino Mestre (Francisco Beltrão), aconteceu a última reunião ordinária do Clero da Diocese de Palmas-Francisco Beltrão. Teve a presença do Bispo Dom Edgar Ertl, padres diocesanos, religiosos e diáconos permanentes. Foram refletidos assuntos de ordem pastoral, dentre eles a portaria sobre bebidas alcoólicas, a comissão diocesana para a criação da escola diaconal e a transferência de padres de paróquias e instituições diocesanas.

3Dom Edgar ressalta que a reunião do clero teve grande importância para a tomada de decisões sobre prioridades, urgências, perspectivas, avaliação e programação para o ano seguinte: “Foi a comunhão do Bispo com o Clero, momento de confraternização, de alegria e de expressar nossa gratidão pelo ano que estamos concluindo”.

Sobre o decreto proibindo a venda de bebidas alcoólicas, nas promoções realizadas pelas paróquias, que entra em vigor no dia 1 de janeiro de 2018, e que teve início em 2014, por Dom José Antonio Peruzzo,  dom Edgar diz que chegou a hora colocá-lo em prática: “A comissão apresentou o resultado dos cinco artigos elaborados e aprovados pelo Conselho de Presbíteros e aprovados, aqui, pelos padres, com mudanças necessárias afim de que ele seja compreensível para todos nossos católicos, no que diz respeito a comercialização das bebidas alcoólicas”.

7Uma das novidades do encontro do clero foi a escola diaconal que tem uma comissão com a missão de definir local, data, conteúdo, professores e especialmente sobre os candidatos para o diaconato: “Para em 2019 darmos início a nossa escola diaconal na Diocese. Temos estrutura, padres, professores formados em matérias necessárias para a formação dos diáconos permanentes, que é um ministério na Igreja que não podemos desconsiderá-los”.

 

 

 

 

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.