MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Ação Evangelizadora em prol de vocações é desenvolvida na diocese

por Francione Pruch em 9 de Abril de 2018 18:05
por Francione Pruch em 9 de Abril de 2018 18:05

As comunidades são convidadas a compartilhar testemunhos de vocação / Foto: Francione Pruch

Com o tema “Cada comunidade uma nova vocação”, está sendo desenvolvida na Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, a Ação Evangelizadora em prol de vocações para a Igreja. As mídias sociais serão utilizadas durante o ano para disseminar testemunhos positivos de vocações. Outra ação é rezar uma dezena do rosário nas missas de cada paróquia ou comunidade.

A abertura oficial da Ação Evangelizadora em cada paróquia aconteceu na Quinta-feira Santa (29), na celebração do Lava-pés. Segundo o Padre Elizandro Spillere, Reitor do Seminário Propedêutico Jesus de Nazaré, em São João. “A proposta é criar um ambiente vocacional, onde tenhamos testemunhos positivos das vocações sacerdotais, religiosas, leigas e suscitando novas vocações. Outra proposta é rezar uma dezena do rosário em todas as missas”.

Além de abordar os temas nas celebrações, as mídias sociais serão utilizadas para compartilhar conteúdos e depoimentos. “O segundo eixo é a divulgação nos meios de comunicação social, dos testemunhos positivos das vocações. Na semana passada foi publicado no Facebook e circula pelo WhatsApp, um vídeo de Dom José Antônio Peruzzo, que fala sobre sua vocação. Também o testemunho de Dom João Mamede Filho, Bispo de Umuarama”, conta Spillere.

Vocação não se trata somente em ser padre ou religiosa, mas está nos detalhes, no trabalho dedicado a igreja. Segundo Padre Spillere, “vocação é um chamado pelo qual somos convocados por Deus. Não entendemos vocação apenas no ser padre ou religiosa, entendemos que ser cristão já é uma primeira vocação. Depois deste chamado, vamos encontrar vocações específicas, onde vamos intensificando o ser cristão. Então temos vocação a vida sacerdotal, religiosa, vocação na vida laical como ministro, catequista, fazendo que a igreja se torne presente nos mais variados organismos da sociedade”.

Compartilhar